Este blog tem por objetivo compartilhar idéias e experiências nas lides benditas da Evangelização, amor de nossa atual encarnação.
RSS

sexta-feira, 26 de março de 2010

O Simulador - Recurso que facilita!

No início de nossas lides como evangelizador, uma hora de evangelização parece uma eternidade! Expomos o tema em 15 minutos, damos uma atividade que as crianças fazem em 3 minutos (a atividade que a gente ficou a semana inteira fazendo...) e aí... Ai Jesus! As crianças se dispersam, fazem bagunça, umas choram querendo a mãe, outras sobem pelas paredes, outras querem fugir... Aí o evangelizador fica procurando papel para a criança desenhar, mas ela não quer desenhar porque já está desgastada. Se o evangelizador tenta voltar ao tema, quanto menor a criança, menos é possível intertê-la com a exposição por um tempo grande... Isso quando o evangelizador não fica inventando brincadeiras que nada tem a ver com o tema da aula, para distrair a criança. Aí vem a frustante pergunta: "Falta muito, tia, pra acabar?"
Pronto: no final da aula a criança sai correndo e dizendo "Graças a Deus que terminou", o evangelizador fica frustado, desanimado e desmotivado e a criança não quer voltar...
Muita gente coloca culpa nos espíritos desencarnados: A criança tá assim porque o suposto obsessor está pertubando para que ela não assista o conteúdo da evangelização... Bem, será que é isso mesmo, ou apenas faltou recurso para prender a atenção da criança durante o tempo da evangelização?

Fala a verdade: é o seu caso? Hum?
Então, os seus problemas se acabaram-se! Eis o Evangelizator Simulator Tabajara! Rsrs! Brincadeirinha. Eu quero dizer, eis o SIMULADOR, um grande aliado para preparar nossas aulas. Quem me ensinou esta técnica foi a querida Sônia Jácome, do 10º CRE, e mudou minha vida!
É o seguinte: pega o tempo de aula que você tem e coloque-o em um círculo, dividindo o tempo de 5 em 5 minutos, ou de 10 em 10, por exemplo. Então, você vai planejar o espaço de tempo de cada coisa que vai fazer na sala. Quer ver?
No exemplo da figura lá em cima vamos considerar uma aula de 2 horas. Coloquei esse tempo que alguns vão achar muito grande só para que vejamos que ainda fica curto quando bem planejado. Vamos dividir:
  • 15 Minutos de INTEGRAÇÃO. A integração serve para ajudar a criança a entrar no clima da evangelização. Ela vem agitada, as vezes desanimada... Aí o evangelizador, depois de dar um tempinho para a criança se acomodar e comprimentar os coleguinhas que não vê tem uma semana, pode cantar uma música ou fazer uma brincadeira, onde a criança se reconheça na evangelização e reconheça a evangelização como um momento especial! Claro que tudo tendo a ver com o tema. Por que ter integração? Davi responde: “Servi ao SENHOR com alegria; e entrai diante dele com canto.” – Salmos 100:2.
  • 25 Minutos de DINÂMICA. A dinâmica deve funcionar como uma introdução ao tema, com a participação do evangelizando. Pode ser feita, também, de maneira que evangelizando intua o tema da aula. Por que a dinâmica é um recurso importante? Anatole France responde: “Toda a arte de ensinar é apenas a arte de acordar a curiosidade natural nas mentes jovens, com o propósito de serem satisfeitas mais tarde.”
  • 20 Minutos de EXPOSIÇÃO. É a parte mais importante da aula e a que deve ser preparada com mais capricho. Para que a exposição seja mais eficiente, é sempre muito bom usar de recursos visuais para ajudar, como cartazes, figuras, etc. Quando vamos preparar a evangelização, primeiro preparamos a exposição. Depois, seguem os recursos que nos ajudarão a desenvolver melhor o tema. Tem gente fazendo o contrário: vai preparar a aula, començando escolhendo brincadeiras e dinâmicas e, por último estudando o conteúdo! Inquerente, não?  Lembremos de Jesus, cujo preparo para nos ensinar é inquestionável. Só de abrir a boca, já nos ensinava: “E, abrindo a sua boca, os ensinava”...  - Mateus 5:2
  • 20 Minutos de REFERÊNCIA PRÁTICA. É praticamente um prolongamento da exposição, porém, ilustrando o assunto de maneira que o evangelizando o entenda na prática e o fixe. O nome diz tudo: Referência Prática. Pode ser uma história, uma poesia, montagem, vivência dos grandes missionários, exemplos, comparações (sempre positivas, por favor)... Tem muito recurso que podemos usar. O mais comum é a história. Quando levar para os menores, use de desenhos, de imagens que ilustrem o tema. Faça vozes, gestos e trejeitos das personagens. Muito legal usar fantoches e bonecos. Cenários também são muito bons. É uma boa hora de lançar mão de recursos que sensibilizem alguns dos 5 sentidos das crianças. Jesus utilizou largamente o recurso da referência prática conosco: “E falou-lhe de muitas coisas por parábolas” Mateus 13:3
  • 20 Minutos de ATIVIDADE. Eis o momento do evangelizando se expressar. Vai ajudá-lo, também a fixar o tema, pois é a hora de praticar. O Evangelizando vai se espressar as vezes de maneira muito sutil e inconsciente. Cabe ao evangelizador observar e não se precipitar. Acalmar-se. A criança destruiu o papel que tinha a atividade. Manifestou raiva ou tristeza. Não quis participar da atividade. Empolgou-se. Estava quieta e derepente mudou o comportamento. Estava agitada e aquietou-se. Tudo isso são expressões. Claro que no caso de o evangelizador ter preparado o material de maneira adequada. Algumas manifestações das crianças são tão somente a resposta ao despreparo do evangeliador... As atividades podem ser jogos interativos, caça-palavras, quebra-cabeças, perguntas e respostas, brincadeiras coletivas, atividades artísticas como teatros, colagens, etc... Desde que seja um meio para que o evangelizando se expresse, são muitíssimos os recursos, sempre adequados à idade. Recurso muito usado por Jesus, de várias maneiras, seja com simples perguntas: “E ele lhe disse: Que está escrito na lei? Como lês?” Lucas 10:26, ou com tarefas que eram dadas a cumprir. Dica: leve sempre um plano "B" e um "C" de atividades.
  • 10 Minutos de CONCLUSÃO. Hora de concluir, ou seja, fazer o fechamento de maneira que se fixe a idéia. Uma frase marcante de Jesus, dos espíritos como Emmanuel, Bezerra, frases de Kardec, são muito bons recursos. Desde que se escolha frases adequadas à idade do evangelizando e ao objetivo a que nos propomos. Deixa eu explicar. O tema família, por exemplo. E desenvolvemos colocando a importância da instituição familiar, da tolerância, da obediência, da compreensão. Aí vamos fechar o tema com a frase: "E o inimigo do homem nascerá dentro de sua própria casa". Ora, a frase é de Jesus, então incontestavelmente está correta. Porém, o objetivo a que me propus na exposição era outro ângulo da questão familiar, não este. Neste caso, a conclusão apagou tudo o que eu quis dizer na minha aula... Entendeu? Não nos percamos na hora de estudar. Vamos entender melhor observando Jesus: “E disse-lhe: Respondeste bem; faze isso, e viverás.” Lucas 10:28. Viu só?
  • 10 Minutos para AVALIAÇÃO. Não é avalização do evangelizando não. É avaliação da Evangelização, através do evangelizando. Vamos perceber se atingimos os objetivos a que nos propomos, se a aula deve ser repitida, se a didática foi eficiente. Também é uma boa hora para fazer algum relaxamento com as crianças, de maneira que saiam dentro do clima da evangelização. É a hora de dar a lembrancinha, também. É hora de praticar a ciência da Observação. “E, estando Jesus assentado defronte da arca do tesouro, observava a maneira como a multidão lançava o dinheiro na arca do tesouro” - Marcos 12:41.
Quando usamos o simulador, duas horas de evangelização são "fichinha"! Passa a ser pouco para o monte de coisas que queremos fazer.
Claro que o tempo é flexível, viu? As vezes a minha dinâmica é rápida e a integração é maior. Crianças muito pequenas pedem um tempo de exposição menor. Os maiores já pedem um tempo maior. Na pré mocidade, eu reservava mais ou menos 30 minutos de exposição, dependendo do tema. Tem evangelização que a gente não leva a dinâmica, por exemplo. O simulador é apenas um recurso, não um ditador! Serve para facilitar, não atrapalhar.
Experimentem! Eu tenho certeza que vai facilitar a vida.
Qualquer dúvida, fiquem a vontade de expor, para que possamos diluí-la juntos. Se for alguma coisa que eu não saiba responder, podem ficar tranquilos que eu peço ajuda aos "universitários", ou seja, aos mais experientes!

2 comentários:

Estela disse...

oi janaina, manda para mim este arquivo, meu e-mail e estela.pequenaluz@yahoo.com.br
beijo

Anônimo disse...

Nossa janaína, que trabalho maravilhoso, que Deus te ilumine seus caminhos de evangelização, muito obrigada. Luiza - Itaguai-RJ

Postar um comentário